equipe  pedaladas  fotos  trilhas  dicas  links    Página Inicial   Contato
 
 
 

 
  Aqui nós citamos algumas trilhas conhecidas por quem já fez trilha conosco:  
   
     
  > Véio da Facada, Aldeia/PE  
 
Essa é uma das trilhas mais realizadas pela equipe. Cerca de 30 km de extensão, com um nível médio de desgaste. Existem várias formas de fazermos essa trilha, atualmente a mais conhecida é saindo do km 12 de Aldeia, sentido Chã de Cruz. Dobramos na Indaiá e ali por trás fazemos a trilha Papai Smurf (contribuidor da novos caminhos). Em seguida, subimos pelo chapadão e inciamos a trilha do Véio da Facada propriamente dita, cujo nome foi atribuído pelo fato de recebermos a dica da descida por um morador dali perto. Faltou ainda comentar que existe uma outra descida chamada Descida do Matagal, que é ótima para que gosta de cair... Em vários trechos passamos por singletrack, que em época de chuva fica uma lameira só, é o bicho! Essa foi nossa primeira trilha catalogada e ainda hoje é uma das melhores.
> Clique no link e confira as trilhas do Véio da Facada
 
   
     
  > Meio da Mata, Aldeia/PE  
 
A Mata foi achada quando nos perdemos. Essa trilha tem uma energia muito boa. A melhor parte, indiscutivelmente, é quando adnetramos naquela mata fechada. Até o clima muda ali dentro. É um contato direto com a natureza. O nível de desgaste também é médio, com cerca de 23 km. Iniciamos pela pista do Chaparral e descemos na rede elétrica. Subimos a Raiz e seguimos até chegar na entrada da mata. A volta pode ser feita pela Água Safira ou então seguimos direto e fazemos a Raiz descendo, nesse caso serão duas subidas ao final e não uma, em compensação temos a chance de provar o pão molhado lá na Cova da Onça.
> Clique no link e confira as trilhas do Meio da Mata
 
   
     
  > Pombos - Gravatá/PE  
   
   
     
  > Cachoeiras, Primavera/PE  
   
   
     
  > Pipa, Natal/RN  
   
   
     
  > Caminho de Santa Fé, Guarabira/PB  
   
   
   
     
  > Vale do Catimbau, Buíque/PE  
 

Terceira Viagem feita pela Trilha da Fumaça. Visitamos esse local divino. O povo é bem pacato e acolhedor. As trilhas têm muitas pedras (é bom levar mais de uma câmara de ar reserva). Além disso o clima é quente durante o dia (procurar sempre fazer a hidratação). Tem algumas chácaras onde se pode pedir para acampanhar. Nesse caso, é bom fazer amizade com o povo local e aproveitar para fazer algumas trilhas que só podem ser feitas a pé, pedindo auxílio de moradores interessados em ser guias ou mesmo entrar em contato com a Associação de Guias do Vale do Catimbau. Recomendamos dar uma passada no Atelier de Zé Bezerra, o artista nato que além de poeta, cantor, artista e filósofo, é o criador de um tipo de berimbau esquisito que só ele sabe tocar... Mais uma viagem inesquecível!
> Clique no link e confira a trilha do Vale do Catimbau

 
   
   
     
  > Praia do Gunga / AL  
 

Aqui está a quarta viagem da equipe Trilha da Fumaça. Foram cinco dias de muito pedal, visuais incríveis e várias praias. Como as demais viagens sempre sugerimos levar câmaras de ar reserva. Nesta viagem tivemos muitas travessias de balsas por rios e mares. Pedalamos parte no areial, outra no coqueiral e as vezes na pisa mesmo. Durmindo em pousadas e casa de amigos. Descansando em praças, canoas na beira do mar, mirantes... Cada parte do trajeto teve sua história, mas o maior sentimento de satisfação foi chegar lá encima do Mirante do Vale e viajar naquela paisagem dislumbrante... Só pra variar, mais uma viagem que ficará em nossa memória e nas fotos!
> Clique no link e confira cada dia dessa viagem Praia do Gunga

 
   
   
   
Copyright 2002-2006 - www.trilhadafumaca.com.br - by: Mestre&Rato